Emergências: (14) 98141-2082

"Dr. Claudio Gabriele Especialista em Cirurgia Vascular, Endovascular e Angioradiologia - SBACV- AMB"

PROCEDIMENTOS

Tratamento Úlceras e feridas dos membros inferiores

ÚLCERAS

Ulceras são lesões crônicas de pele que não tendem a cicatrização espontânea e provocam muito desconforto aos pacientes e as causa podem ser várias. Podem se origem vascular, inflamatórias associadas a alguma doenças reumática, traumática com evolução infecciosa de longa duração, pode surgir como complicação do diabetes e da hipertensão arterial. O tratamento com o intuito da cicatrização pode variar de acordo com a causa e pode depender do tratamento e controle da doença de base que levou a formação da úlcera. O uso de indiscriminado e sem orientação adequada de pomadas, ungüentos, cremes principalmente se associado a antibiótico e corticosteróides podem agravar e retardar a cicatrização da ulcera levando a contaminação e agravamento da dor, induzindo a infecção bacteriana resistente a antibióticos. O foco do tratamento da ulcera com o intuito final de cicatrização e remissão da dor tem que ter como objetivo principal o tratamento da causa nenhum tratamento terá sucesso se a causa básica for tratada. Por exemplo, uma ulcera isquêmica (decorrente da má circulação arterial na perna) não evoluirá para a cicatrização se a circulação arterial não for restabelecida ou melhorada outro exemplo muito comum são as úlceras varicosas em pacientes portadores de insuficiência venosa crônica de nada adianta usar os melhores curativos, câmara hiperbárica e outras ações se a causa base que a insuficiência das veias não for tratada através do uso de meias de compressão elástica, curativo tipo de bota de unna (que exerce a compressão necessária para tratar a insuficiência das veias) ou através da cirurgia de varizes. Alem disto a deve se estabelecer critério de abordagem da úlcera de acordo com o estagio que ela se encontra para definir muitas vezes se será necessário tratamento cirúrgico da mesma desbridamento(raspagem da ulcera) para retirada de material necrótico e resíduos ( fibrina) que retardam a cicatrização, e também de acordo com o estagio definir qual o curativo a ser usado que poderá variar desde uma curativo com o intuito de absorver o excesso de liquido que a lesão produz ou para hidratar o leito da ferida se esta estiver muito desidratada e desta forma proporcionar um ambiente ideal para a cicatrização.

Outro aspecto importante e diferencias as úlceras das lesões de membros inferiores causadas pela diabetes o chamado MAL PERFURANTE PALNTAR ou LESÕES DO PÉ DIABÉTICO. Estas são lesões causadas nos pés abaixo do tornozelo e normalmente ocorrem como complicação de um calo ou de lesões na região ao redor das unhas complicado por infecção grave que pode levar desde amputações menores dos dedos com amputações maiores ao nível da perna ou da coxa quando não tratadas adequadamente. Muitas vezes se faz necessário uma abordagem agressiva com desabridamente e drenagem de abscessos associados ao uso de antibióticos de amplo espectro com tipos específicos de curativos que permitam a absorção de secreção e ao mesmo tempo em que ajam sobre a infecção. Muitas vezes é associada à má circulação arterial das pernas por aterosclerose que levam a diminuição do fluxo de sangue arterial nos membros inferiores propiciando a complicações com gangrena a necrose sendo muitas vezes necessário cirurgia para corrigir esta insuficiência arterial através das chamadas “pontes” que pode ser feita com veia safena ou com uma prótese de material sintético para substituir a artéria ocluída e assim favorecer a cicatrização da lesão.

Lembrando que, cirurgião vascular é o profissional habilitado à indicação do tipo de tratamento de úlcera.

Entre em Contato

Entre em contato com nossa clínica, teremos prazer em atendê-lo.





COMO NOS CONHECEU:


Rua Júlio Maringoni, 9-43
Altos da Cidade - Bauru/SP
Tel.: (14) 3214-4705 / 3214-4629
Urgências e Emergências: (14) 98141-2082
E-mail: contato@clinicagabriele.com.br


Indexnet Publicidade Digital